ARTIGO RESUMIDO SOBRE DEUS – MAJESTOSA SEJA A SUA GRANDEZA


Caro Muçulmano, por favor aceite algumas informaçoes sobre Deus – Exaltado seja – O Único, adorado por todos os profetas e muçulmanos em todos os tempos  e lugares.

E porque o melhor que descreveu a respeito de Deus  é o proprio Deus, por isso a palavra «Deus» será definida por últimos três (3) versículos da surata Al-Hashr, onde Deus, Todo  Poderoso diz:

(22) Ele é Deus, não há divindade digna de ser adorada além Dele, Conhecedor do cognoscível e do incognoscível. Ele é o Clemente o Misercordiosíssimo.

(23) Ele é Deus, não há divindade digna de ser adorada além Dele, Soberano, Augusto, Pacífico, Salvador, Zeloso, Poderoso, Compulsor, Supremo! Glorificado seja Deus, de tudo quanto Lhe associam.

(24) Ele éDeus, Criador, Onifeitor, Formador. Seus são os mais sublimes atributos. Tudo quanto existe nos céus e na terra glorifica-O, porque é o Poderoso, o Prudentíssimo.

Deus: é a Verdade Manifesta, o Criador de todas as coisas, o Sustentador de tudo e todos, a Ele pertence o reino de tudo, portanto, a criatura deve adorar somente a Deus e, não deve orar excepto para Deus, nem invocar senão a Deus, jejuar somente para Deus, peregrinar, sacrificar animais, fazer promessas somente para Deus e quem desviar algo dessas devoções para uma divindade além de Deus,  certamente terá atribuiudo parceiro a Deus e, quem atribuir parceiro a Deus, as suas boas ações tornar-se-ao inválidas e, ser-lhe-á vedada a entrada ao paraiso eternamente e Deus o introduzirá no fogo infernal, onde permanecerá eternamente, e isto será  aplicável a àqueles que veneram os idolos, as arvores, o sol, a lua, e o homem.

 

Deus: Sabe tudo, o que conseguimos ver, bem como o que nao vemos, o incognoscível cujo nossa vista não pode alcançar, no entanto, Deus descreveu a si próprio que Ele é Conhecedor do cognoscível e do incognoscível e ninguem além de Deus conhece o incognoscível. Portanto o ser humano ao praticar algo deve estar ciente que Deus sabe de todas as suas situações, ademais sabe da sua  intençao que está no seu coraçao e em que ele  pensa.

Deus: é o Clemente, o Misercordio, a clemência de Deus predomina e prevalece a sua zanga, de certo a clemencia de Deus abrange tudo e por isso Deus fez descer no mundo apenas uma clemencia e, contudo, abrange toda humanidade; Por exempo: entre as formas da clemencia de Deus é de uma mãe ser misercordiosa para com a sua criança e entre as formas da clemencia de Deus, Ele sustenta imensuravelmente aos seres humanos, genios, animais e tudo, até sustenta o peixe no fundo do oceano, sustenta as formigas dentro de seus buracos, sustenta as aves na atmosfera, e mais outros exemplos que podiamos citar, porém Deus reservou noventa e nove (99) tipos de clemencia para o dia do juizo final, o homem deve correr atras das clemencias de Deus praticando o que Ele tem lhe ordenado e abster-se de tudo quanto tem lhe vedado, e que não desespere da misericordia de Deus por muito que se exceda contra si próprio com desobediencias.

Deus: é o Soberano, a Ele pertence o reino dos ceus e da terra, e o reino de todas as criaturas, portanto, é do direito do Soberano ordenar seus subservientes o que Lhe apraz e o homem deve lembrar-se que não ele é um servo de Deus, Seu subserviente e que saiba que ao ser ordenado algo com O Soberano, não cabe-lhe senão  obedecer a ordem de Deus, O Soberano.

 

  Deus: é o Augusto, o Pacifico, aquele que é isento de todo tipo de imperfeção, salvo de todo tipo de defeito, na sua entidade,  nos seus atributos, nas suas qualidades,  nas suas práticas e dizeres, Ele nao é como as criaturas que podem ficar doentes, fadigados, esfomeados, que podem sonecar ou dormir, pois Deus é Vivente, Subsistente, a Quem jamais alcança-lhe a soneca ou o sono, e é Ele Quem sustenta, e não  tem a necessidade de ser sustentado; De certo, Deus – Glorficado seja – é a base /origem/fonte da paz e tranquilidade, quem procurar a paz numa outra origem que não seja oriunda de Deus, jamais a alcançará. Portanto se as pessoas aproximarem-se de Deus, o Pacifico, cumprindo com as ordens/mandamentos da religiao islamica, religiao da paz, então terão solução de todos os seus  problemas que os assola na vida, como por exemplo: a angustia, suicídio, assassinatos, roubalheiras, opressao, obscenidades, inveja, etc.

Deus: é o Salvador, aquele que crê que Ele é a Verdade, Ele é quem concede a tranquilidade aos Seus servos crentes, aqueles que caminham para Ele com sinceridade, Deus acalmará o seu medo, serenará os seus corações, os livrará da angustia, nesta vida  na hora da morte e na outra vida; e Ele é O Zeloso, O Qual pertence-Lhe a decisão do passado e do futuro, Ele julga como Lhe apraz, Executa tudo quanto Lhe apraz, Ele é O Soberano Absoluto dos seus servos, e Ele é O Compusor, aquele que compele a Seus servos o que Lhe apraz, o ser humano deve ficar aprazivel com o que Deus tomou como obrigatorio para ele, como as ordens legitimas (legislaçao islamica), a titulo de exemplo: a oração, a caridade obrigatória (zakat), o jejum, a peregrinaçao à casa (kaaba), a abstinência dos pecados capitais/maiores; o homem deve ficar aprazivel com o que Deus decretou das questões conrelacionadas a predestinação tais como as adversidades/desgraças, doenças, morte, presença de inimigos. quando o homem fica comprazido com as ordens de Deus e Seus decretos,  então Deus ficará satisfeito com ele, e quando o homem fica degradado com as ordens de Deus e seus decretos, em contrapartida, Deus ficará zangado com ele.

 

Deus: é o Poderoso, Ele jamais teve filho algum, tampouco teve parceiro algum na Sua soberania, nem necessita de ninguém para protege-Lo da humilhação e é exaltado com toda a Sua magnificência, quem atribuir-Lhe rival que não tenha o poder de criar um atomo no ceu e na terra ou atribuir-Lhe semelhante, segundo o que alega a tal pessoa ter uma parceria com Deus na Sua soberania ou atribuir-Lhe intercessor mesmo sem a sua anuencia, de certo que ele terá imaginado a respeito de  Deus que é um desonrado/humilhado e ignora que Deus é o Poderoso e, que quem relaciona-Lo a qualquer tipo de desonra, em troca disso Deus o humilhará no dia de juizo final.

Deus: é o Supremo, porque as Suas qualidades são as mais perfeitas e sua entidade é a mais elevada; Ele, unicamente, é o Possuidor da gloria e, Ele é O Majestoso, o Mais Perfeito e Completo; Enquanto que as criaturas são imperfeitas e o imperfeito/deficiente não merece vangloriar-se.portanto quem contestar a majestade de Deus, Deus o extreminará, o humilhará e o afrontará.

 

Deus: é quem criou o homem e foi Ele quem criou os céus e a terra e tudo quanto existe entre eles e foi Ele quem criou tudo o que existe e certamente foi Ele que deu para cada coisa uma configuraçao e foi Ele que criou as criaturas, criou suas almas e tornaram-se vivas, capazes de ouvir, ver e locomoverem-se. Entretanto, Deus descreveu-se a si proprio no alcorão, dizendo: (Ele é Deus, o Criador, o Onifeitor, o Formador,...) o homem deve fazer de todas suas obras e da sua vida um agradecimento a seu Senhor, aquele que criou o seu corpo, criou a sua alma e configurou a sua aparencia.

 





The article is available in the following languages